sexta-feira, 4 de abril de 2014

{Resenha} Amazônia: Um Caminho Para o Sonho, de M. C. Jachnkee

Há algum tempo, resolvi participar de um booktour do livro Amazônia: Um Caminho para o Sonho que a Luary, do blog Maníaca por Livros, organizou. Agradeço pela oportunidade. Não posto resenhas aqui, mas vamos lá!

Um sonho em comum. Uma viagem para a misteriosa e irresistível Amazônia. Em Amazônia – Um Caminho para o Sonho, o leitor conhecerá Rafaela, Camila, Ana Carolina, Joana e Daniel, que embarcam em uma viagem em busca de conhecimento, não só dos cenários amazônicos, mas também deles mesmos. O que estará escondido na incrível Amazônia? Que mistérios nela se ocultam? Em uma viagem que começa em Manaus, passa pelo maravilhoso encontro das águas do Rio Negro e Solimões, por Parintins, pela misteriosa Fordlândia e pela incrível Belém, o leitor descobrirá segredos e sentimentos que o levarão à conscientização sobre a preservação da Amazônia, a conhecer os mitos e o folclore da região, a experimentar uma pitada de romance e aventura que o deixarão atento do começo ao fim. Amazônia – Um Caminho para o Sonho, um convite para refletir sobre a vida, sobre a ecologia e sobre seus próprios sonhos e desejos. “Quando é preciso abrir mão daquilo que amamos, descobre-se a força para percorrer o caminho para o sonho.” (Fonte)

Em Amazônia, quatro amigas estão fazendo uma viagem para o norte do país sendo acompanhadas pelo tio de uma delas – Joana –. Não há necessidade de contar mais sobre a história porque não quero estragar a leitura de ninguém. O livro é a viagem deles e sobre como aquela experiência vai transformando cada um, focando um pouco mais na transformação de Rafaela.

"(...) na vida, aconteciam coisas que as pessoas não programavam, não esperavam, mas que muitas vezes, depois de um certo tempo, pareciam ter sido importantes e necessárias. (...)" (pág. 255)

A Rafa é a aquela menina que sonha muito, mas se vê perdida para alcançar esses sonhos. Todas são sonhadoras e buscam ir atrás do que acreditam, mas ela [Rafaela] tem um “q” a mais dessa sementinha. Ana Carolina é a conselheira do grupo, Camila (a minha favorita!) é a amiga engraçada, distraída e conversadeira; e Joana é mais séria, imaginei a Jô com aquele ar de estudiosa, responsável e “líder” do quarteto.

Logo no começo, há um turbilhão de informações sobre Manaus. Desde as primeiras páginas, senti vontade de viajar e conhecer os lugares que as quatro garotas iam. Amazônia é como um teletransporte. A autora faz pesquisa de campo para escrever então o livro tem muitas descrições dos locais e comentários sobre os mesmos. Além de podermos imaginar como são as cidades, tem um conteúdo muito rico sobre a cultura dessa parte do Brasil. Entre diálogos, a gente vai conhecendo mais a história do lugar: como os portugueses chegaram lá, as batalhas travadas com os índios, as lendas contadas de geração em geração, como eram os teatros antigamente, entre outras coisas. É mais que uma leitura de entretenimento, há muito conhecimento nas páginas do livro.

"O barco representa cada um de nós e o rio o caminho até o nosso sonho!
Com afeto, M. C. Jachnkee."

Confesso que a narrativa não me encantou tanto. Senti vontade de desistir da leitura várias vezes, mas queria saber mais dos lugares, da cultura, da vida que existe lá. Talvez, por eu não estar acostumada com narrativas em terceira pessoa cheia de “reflexões” (não consegui explicar melhor, sorry!). Engraçado que essas reflexões que me incomodavam, me faziam pensar em coisas que eu costumo fugir. Qualquer coisa sobre sonhos acaba mexendo muito comigo. A Rafa tem o sonho de ser escritora, mas ela vivia sempre a mesma rotina e, além de não ter coragem, não via um caminho para realizar os sonhos. Acho que preciso fazer uma viagem para ter os olhos abertos também. :P

"A vida era um livro que ainda não havia sido escrito. A ideia de poder tudo o que se queria agradava à mente de qualquer sonhador, mas não era nada fácil. Era preciso uma boa dose de autoconfiança (...). Aprendera que as mudanças na vida são importantes, mas sabia também que deveriam ser bem saboreadas e cada lição bem aprendida." (pág. 273)

Também não gostei da letra da edição, mas a gente vai ignorando alguns detalhes e focando na parte boa. A capa é MUITO mais bonita “ao vivo”. Fiquei totalmente encantada por ela. Muito linda mesmo. E o autógrafo da autora (imagem anterior) foi um amor. <3

Recomendo o livro para quem gosta de saber mais sobre lugares diferentes (aqueles que não são “comuns”) e para todos os sonhadores. :)

"A vida é feita de instantes que podem até parecer patéticos aos olhos de um jovem cheio de energia, mas que se transformam em doces recordações para a mente humana um dia." (pág. 174)

4 comentários:

  1. Oi Anna, obrigada por dividir sua opinião. Achei a sua crítica totalmente construtiva. Em relação a narrativa, essa questão da reflexão- hoje eu concordo com você e para o segundo livro fiz grandes mudanças. Pelo menos, quando eu leio, vou percebendo a diferença, espero que os leitores gostem, assim como eu estou amando. rs Beijocas, linda!
    http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que agradeço, Marli! <3
      Que legal!! E espero que melhore mais no seu terceiro livro. Assim como o quarto sairá melhor que o terceiro e assim por diante. A gente sempre vai melhorando a escrita. ^^

      Beijos e muito obrigada pelo comentário. Desejo sucesso pra você! :)

      Excluir
  2. Oiiie!!
    Sobre o livro, tenho e não tenho vontade de ler, ao mesmo tempo que me chama atenção, tenho medo de ler e sentir o mesmo que vc. Parabéns pela sinceridade
    Beijos
    Brubs
    contodeumlivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii!! Eu também me sentia assim, mas tive essa oportunidade pelo booktour então resolvi arriscar e... Com um pouco de paciência e focando nas partes boas, dá pra ler e curtir a história. rs. :))

      Muito obrigada! <3
      Beijos.

      Excluir

Ei, muito obrigada pela visita! :D Comentários são sempre bem vindo, então não se acanhe! Fique à vontade para opinar, mas cuidado com a falta de respeito, ok?! Mais uma vez: obrigada! :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...